segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Amar só se for Amor

Quando a gente ama um alguém
Sempre se deseja perto ficar
Coladinho com aquele calor
Tão bão de sentir e dar

Quando se ama sem esperar
A vida presenteia sem grandes alardes
Não é preciso filosofar
Nem se faz mais tanta questão de embates

Aquele amorzinho que um dá
É recebido e compartilhado de lá pra cá
Num vai e veem bem gostoso
Que n'alma penetra e fica já esperar

No Amor se sabe quando se ama
Se quer amar sempre bem mais
Amor só se for Amor
Para os dois na vida se eternizar

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Imagem

Hoje busquei uma imagem
Para ver aonde estavas
Encontrei em tão poucos amantes
A luz que em mim parava

Com aquele ar de querer mais
Tantos fatos se passaram
Que aqui está você
Na minha imagem refletida

Um pouco de mim, um pouco de ti
E a imagem sempre mais bela a formar
Para que quem sabe um dia
Uma coisa só estariamos a ficar

Os apaixonados quando se encontram
Se relevam sempre melhores que são
Mas o que importa não é imagem
É a vida que brota da relação

Com você quero ficar
Com você quero amar
Com você encontrei sentimentos
Com você a imagem que fica é de extrema alegria

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Feliz assim!

Eu fico a pensar em ti
Daqueles momentos que passamos
De uma bela taça de vinho
Com aquela mancha na camisa

Penso em ti
Dos momentos que vivemos
Com a aquele tesão que nos consome
Que faz de nós dois uma coisa só

Agora estas aqui
Perto assim de mim
Que nada é passageiro
Parece que sempre durará

Com aquele calor de teus lábios
Aquela ânsia de encontrarmos
Em um fogo intenso e calmo
Há de sempre nos revermos

Estou assim feliz
Te encontrei por aí
Sem muita pressa de chegar
Com o coração sempre a desejar
Feliz assim!

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Intuição

A intuição fulgurás de um instante
Daquela parte que não cabes julgar
Momento de uma pausa invulgar
Naquele sentido que só a intenção se faz

No sentido de poucos sentidos
Na pele que sente algo
Que delira tal fato
E se torna como que verdade absoluta

Intuir é algo profético
Daquelas coisas que não se explica
Dos momentos que se percebe
Em nada há de acontecer

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Preguiça

Estou com preguiça de alguns
Sabe daquele povo que não sabe cuidar de si
Daquela gente que fica com a cara na cerca
Procurando ver o que o vizinho anda fazendo

Gente a sim, é um porre
Vá cuidar da própria existência
Trave a língua com fel
E deixa escorrer guela abaixo

O meu jardim está bem cuidado
Tento ser um bom jardineiro
Daqueles atentos as pragas
Para sempre exterminá-las