Pedras

Cada pedra tem seu tamanho
Circular, ovais, quadradas
Rolam sempre em riachos
Vão se bastando ao se tocarem

No toque-toque dos lados
Pequenos pedaços são lascados
Para a bela forma a ser vista
Tantos fragmentos terão sido formados

As pedras nunca se evitam
Correnteza de água agitada
No corre-corre dos pedregulhos
Naquele riacho ficam escondidas

Se você olha e vê uma linda pedra
Saiba que anos se passam a vista
No castelo de areia formado
Cada grão foi pedra um dia

Postagens mais visitadas deste blog

Êxtase com McQueen