Coisas de criança

Fui ali comprar umas frutas
O sacolão da esquina têm várias
Quando pequeno roubava manga
Tinha aquele gosto de frio na barriga
A gente pulava o muro das ideias
Crescia na fantasia de um dia ter um pé de manga
Sabe daqueles bem frondosos
Então, as frutas não foram pagas
Ainda estão no chão
Bicho de manga é sempre o mesmo
Do melhor retira aquele doce jaz de um dia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz