A vida se repete

Não sei cantar outra coisa se não o amor
Aquele jocoso sentimento que enriquece o mundo
Torna-nos tão próximos e distantes

Ao falar dos amores sonhados tão teus
Parece uma tristeza em cada gota de desejo
Ininterrupta sensação de um conto belo

O amor cantado tantas vezes exaltado
Não é uma página dobrada e guardada no bolso
Nem funciona como um pensamento abstrato

Tantas vezes já repeti, me dilui
Naqueles versos tão presentes ao lado teu
Com aquela vida que se repete

Postagens mais visitadas deste blog

Êxtase com McQueen