Descobri na literatura

Descobri na literatura
Que Adélia Prado pode ser meu céu
Carlos Drummond de Andrade a minha introspecção
a volta ao meu castelo interior
E que Cora Coralina, meu chão, de terra batida
E a Senhorinha de cabelos brancos
Essa fica guardada pois não é o momento
Procurei (in)conscientemente por tradição
Encontrei com esses três na literatura e a outra na vida
Um ciclo se fecha, como numa mandala, como numa via crucis
Só entende quem vive a experiência

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog