Esquecimento

Tantas coisas eu te disse mesmo assim
Você nunca quis me escutar
O amor que bate nesta linda história de nós dois
Fez você, coração de pedra,  não me aguentar
O passado insiste bater a nossa porta
Com um cheiro de noz moscada
Não te quero minha amada
Sem muito mais vou-me embora
Coração fechado
Amordaçado
Loucamente em contrição
Resguardo-me dos lábios teus
Ô Yolanda!
Coloco-te num barco à vela
Onde náufragos irão te levar
Vingt mille lieues sous les mers






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz