Respiro

Enquanto a chuva molha o asfalto
Minhas lágrimas escorrem dentro de mim
Lavam momentos de uma intensa alegria
Você me pegou pelo braço
Andou comigo por breves descampados
Correu pairando as mãos sobre macelas
Cheiro de paz e de calor naquele sol
E o vento que bramia na face
Hoje sou música nos teus ouvidos
Aquele canto calado
De um eterno aprendiz
Que aprende com a natureza




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alexander McQueen