Retórica

Cada espada transpassada em meu peito
Um languido sorriso se abre
De verdades retóricas não me encho
Vivo de breve mocidade

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz