Rezo

Cansado dos mesmos olhares
Infinitos semblantes de desprezo
O moribundo sentindo dor
Vejo pelo vidro do ônibus 1950
Apenas uma boa oração
Nada, nada mesmo dá para fazer


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog