Abismo

De encontro com o abismo
Um vento que toca a pele
A morte do próprio orgulho
Com asas em uma aquarela

Abismando em reflexos
O cair instaura a paz
Blocos de pedra em água cristalina
Como artista hão de ficar

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz