Assim

Te criei por entre folhas
De um jasmim encantado
Cruzes formadas com seu nome
Enfeitam meu teto

Pai, não sou aquele garoto
Que tudo ouvia e calava
Pressentia e mantia calado
Prestes a explosão

Te criei numa selva de pedras
Busquei notas fictícias
De uma amizade que pouco valeu
Somos e seremos opostos

Confrontados pelo tempo
Carreados pela força dos ventos
Minha póetica é etérea
Fina como bruma de um amanhã

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alexander McQueen