Alma simples

Não sou do Texas
Gosto da natureza na sua forma simples
Cachoeira, água correndo pelos pés
Aquela gélida sensação refrescante
Quantas vezes vou precisar ti dizer
Não queira o que não passa pelo seu coração
Uma sombra num dia de verão faz bem
Aquieta a alma
Viva seu momento que é único
A paz que encontramos na natureza
Nos deixa seres melhores
Renovados pelos rastros de sol
Use teu poder para fazer o bem
Olhar o semelhante com olhos de criança
E assim num dia
Que não sei quando ou onde
Nos veremos não como dois estranhos
Mas como enamorados pela vida

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz