Hoje

O tempo passa devagar
Como notas de um licor fino
Não há pressa
Até mesmo porque não tenho que ir a nenhum lugar
Tudo se passa neste instante
Interminável ponto de equilíbrio
Não há coisas urgentes
Todas tem o mesmo valor
Como aquele merlot
Que deixei em minha taça agora pouco
Não, não bebi no trabalho
Foi apenas inspiração que quando vem
É preciso colocá-la pra fora
Mas uma taça de vinho
Bem que caberia bem
De preferência com queijos que harmonizassem
Fico nestas linhas a deliciar os sinais que não coloco nas frases
Não há pontos e nem vírgulas
Só liberdade de expressão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alexander McQueen