Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Israel e Palestina

Na faixa de Gaza
Bombardeios e mortos
Escombros estendidos
Grita-se a todos os ventos
Parem essa guerra
E vivam em paz
Isto é utópico
Povos irmãos que se odeiam tanto
De mazelas ambos crescem


A espera

Faltam ainda dois anos
Como o tempo não passa
Queria estar lá
Bem longe
Num local que gostasse
Nem tudo é perfeito
Aqui não é meu lugar
A espera me corrompe
Quero estar lá

A luz

A luz habita dentro de nós
Precisamos aprender a expressar
Mesmo que seja um ponto luminoso
Luz que me habita resplandeça dentro de mim


Se há um criador de todas as coisas
Isso é que menos importa
Revelar luz no mundo
Modificará sempre a história





Mudar os pensamentos

Como é difícil mudar os pensamentos
Eles moem o cérebro
Trituram sinapses
E nos deixam escravos do tempo


Como é duro mudar os pensamentos
Aquela ideia fixa
Fixando na mente
E deixando de oxigenar


Vivo com meus pensamentos
Às vezes, delirantes
Às vezes, reais
E o dia passa


Quero poder mudar
Voltar a não tê-los
Criar um mundo de cor
E viver sabiamente a vida
Como é difícil os meus pensamentos

Duro

Estou absorto com meus pensamentos
Ora febris e pueris
Ora maduros pra idade que tenho
Pelo menos é assim que os julgo


Cada respirada profunda
É um misto de ansiedade e demência
Como se perdesse o foco


E a vida me leva
Por caminhos tão autorais
Que nem eu mesmo consigo vislumbrar


Ora consciente das mazelas
Ora delirante em pensamentos
Este sou eu
Um ser de infinita vidência
Numa pobreza de vida

Educação

Educação é a grande transformadora das populações. É por ela que a consciência política, social e ambiental se faz presente. A educação encarna todas as ideias e encoraja todos os feitos em uma sociedade. Num mundo em que a educação privilegia os meninos brancos e com renda per capita mais alta não pode ser mais tolerada. Educação pra todos, principalmente pra as meninas no Oriente Médio e no continente africano. Vivemos num mundo plural que não pode aceitar a educação como limitadora das oportunidades, pelo contrário, é a educação que deveria de nortear as políticas públicas e os destinos da sociedade. Educar também num sentido mais amplo, pra formar pessoas dispostas a não aceitar mais a opressão que são vilipendiadas no dia a dia. Todos os países que evoluíram deram grande importância a educação de suas populações. A educação é prioridade pra toda nação que não quer passar em branco pela história.

Realidade

Os pés e mãos frios como de um defunto
E cai um dilúvio
Tarde feia e monótona
Com roupa pra estender
E um frio cortante
Coragem pra viver a realidade

Dia chuvoso

Um dia chuvoso
Tudo cinza
Aquela claridade em forma de nevoeiro
A fina chuva cai
Leva cada pedaço de mim
Aquela vontade de ficar só na cama
E vendo cada gota pingar
Cada pingo é um pouco de mim
Leve-me embora chuva
Pra um lugar recolhido
Onde possa me esquentar
E sentir que ainda sou amado

Desejos

Nas ondas daquele amor
Abracei-me ao amado
Como notas de uma fina flor
O beijo doce me fiz rogado


Há tanta coisa lá fora
Tanto desamor tanto furor
Que eu aqui dentro te espero
Como água quente e tórrida

Pensamento poético I

Tenho uma vida sem muitos significados
Talvez por isso é tedioso viver
Confesso que tenho um sentimento de pouco valia
E é assim que julgo ser

Revoada

Tanto faz agora este nosso amor
Mentiras e ilusões
Com um beijo doce ficou


Já me arrependi de te olhar
Naquela falsa alegria
Te encontrar


Um beijo amado
Na tua boca deixo
E um adeus entre os dedos

Interessante

Estrangeiros tem mais interesse no que escrevo que a própria população do meu país. E isto se torna muito interessante.

Quando te vi

Quando te vi
Encontrei dentro de mim um beija-flor
Quando te olhei
Encontrei dentro de ti um coração forte







O amor

O amor que corrompeu os olhos
Figurativo sentimento de ser
Transviou-se em neblina
E deixou de se ter

O amor que de verás invade
No entardecer daquele poema
Reconstrõe de lirismo a face
De um belo amanhacer

Papel timbrado

Voltei um pouco mais forte
As promessas cumpridas
A vela acesa
No Santuário ficou
Agora é momento de reflexão
De deixar o tempo voar alto
As ideias borbulhantes
A vontade de fazer sempre maior
Não busquei as palavras certas
Deixei que elas viessem
Como numa síncope poética
Termino em papel timbrado.

É o fim

Ponto final no trilho da vida
Passarinhando pelos descampados da existência
Uma música linda ao fundo
É o fim do fim do avesso

Parece repetitivo

Será que há outras formas de escrever sobre o amor?
Que não soe repetitivo
Daquelas que cheiram a romantismo barato
Mas o amor é repetitivo?
Não descobri uma forma
As figuras de linguagem sempre as mesmas
Cansado de conceituar as coisas
Sabe de uma coisa
Vou escrever do meu jeito

Such as a flower

Eu te amo como ama-se uma flor
Sem espinhos pra machucar a alma
Sua pele-pétala lisa e sedosa
Procurei tê-la perto de mim
Acabei te sufocando com meus pesares


Te vi crescer
Abrindo pra vida
Mas não dá mais
Te sufoquei


Espero que estando longe
Você volte a ser aquela bela flor
Não mais no meu jardim
Mas nas paisagens de amor

Adar

Eu mesmo crio meu mundo
Uma ilusão atrás da outra
A realidade da música me toca
Por isso sou livre
Pássaro "au revoir"







Pista de dança

Aquela música que escuto faz meu coração palpitar
Pular de tanto dançar
Exorcizo todos os males numa pista de dança
Saio leve em plena redenção

Aninha

(Da série pra crianças)


Aninha teus cabelos encaracolados
Uma menina espoleta
Corre pra lá, corre pra cá
Quer chamar a atenção
Uma menina travessa



Que eu

Que eu seja melhor do que fui ontem
Que eu leve alegria onde não há
Que eu busque um amor mais profundo a cada dia
Que eu tenha pensamentos positivos de si mesmo
Que eu leve compreensão nos lugares onde só há incompreensão
Que diante de tudo a luz dentro de mim seja canal de graça
Que a luz em ti seja canal de graça
Que a luz em nós nos alimente e dê forças pra continuar

Num sonho

Portas que se fecham
Janelas que se fecham
Só um rastro de luz num corredor pequeno e úmido
Diante da besta me encontro
Não sei se é um ser de luz ou sombra
Ela me fala que devo continuar a caminhar
Encontrar um caminho próprio
E deixar as águas correrem corredeira abaixo

Olhe pra fora

Olhe pra fora
Veja que você não é o centro
Olhe pra fora
Observe o tempo que passa
Olhe pra fora
Faça algo com sua vida que preste
Olhe pra fora
Saia de si e vá de encontro ao outro
Olhe pra fora
E seja mais você

Barbárie

A população no Brasil está prendendo possíveis ladrões
Acorrentando-os em postes
E açoitando como pena de morte
A selvageria instalada
O olho por olho, dente por dente
E a justiça onde fica
Na sarjeta da humanidade que nos resta

Conversa com as letras

Vivo de escrever versos
Eles me consomem
Devoram-me em cada estrofe


Escrevo por necessidade
Uma obsessão que invade
Ativa os momentos de calmaria


As palavras são minhas melhores amigas
Convivo com elas o tempo inteiro
E como elas me entendem



Auto afirmação

Bobagem este negócio de se auto afirmar. Se você fez coisas dignas de importância não há o que temer. Deixar a nossa marca no mundo, desde que seja pequena é uma grande conquista. Pensa nisso e segue em frente!

Mar

No mar
Ondas que te encontram pra ti levar
Bem fundo na imensidão de nós dois


Te ver lindo como azul do mar
Clara amplidão do nosso amor
Com um beijo que te toca
No céu da boca


Hum...sabor tão bom de si sentir
Hum...sabor tão bom pra experimentar


Vejo carrosséis gigantes
Nós dois de mãos dadas
Contemplar a imensidão do mar