Tu sofres

Eu sofro com minhas mazelas
Com minhas estranhas entranhas
Na face rubra de um adeus
Revestido como doce de criança

Eu sofro com meu ultrajante viver
Monótonos dias que virão
Enxugo lágrimas temporárias
De uma vida fugaz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alexander McQueen