A dança

O corpo que deforma
Cria novos movimentos
Não alinhados e nem simétricos
A realidade se torna subjetiva
Dando primazia aos sentimentos que a realidade
Penso numa dança circular
Onde corpos se misturam
Deixam um bailado de alegria e euforia
Igual as danças africanas
São lindas de se ver
Mulheres e homens evocam órixas 
E eles descem dos céus a terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alexander McQueen