quarta-feira, 24 de junho de 2015

Verdades?!

Hoje acordei de madrugada
De um sonho ruim
Aquele gosto de morte no canto da boca
Será que nunca terá fim?
Não penso em premonições
Pois não acredito nelas
Se fossem verdades
Seriam intocáveis
Mas fica uma pergunta no ar
Qual verdade é intocável?

Nenhum comentário:

Postar um comentário