Tão jovem

Sou tão jovem
Inexperiente
Com aquela força de viver
Mesmo que os sentimentos não deixem
Luto para controlá-los com a pulsão das estrelas
Sou tão jovem
Que faço coisas sem pensar
Sem muito medo de me arriscar
Gostaria de amadurecer
Tornar-me mais velho
Não digo em idade
Até mesmo porque pouco importa
Em sabedoria mesmo
Ser jovem e adulto ao mesmo tempo
Administrar a vida com o raiar do sol
Tão jovem
Espero que daqui para frente consiga ser
Um pouco mais jovem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz