O assalto

Estava no ponto do ônibus
Três rapazes à margem apareceram
Queriam dinheiro e celulares
Consegui escapar
Não sei se fiz o certo
Foi algo impensável
Tudo pareceu rápido
Corri como um louco
Ouvia o clep clep dos chinelos parados
Foi aterrorizante
No meio do caminho encontrei a Luna
Que por sinal estava indo pra lá
Nada mais nos aconteceu
Mas na memória fica os momentos de uma violência

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz