sábado, 28 de novembro de 2015

Gravidez das palavras

Brigo com meus bons sentimentos
Tempestade em copo d'água
Crio uma vida ficcional
Para a realidade nem tão dura

Sou uma pessoa clichê
Nem me importo
Faço tudo por prazer
E escrever poesia está neste alcance

Gravido das palavras
Gesto cada uma delas
Na hora certa elas nascem
E povoam todo meu ser


Nenhum comentário:

Postar um comentário