Não quero ser poeta de guetos

Não quero ser poeta de guetos
Das sombras
Dos relampejos

Não quero ser poeta de uma turma só
De um bando
De uma manada

Quero constar no universo
Escrever poesia é minha sina
Dos versos meus, tão meus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz