quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

O vôo

O amor  toca
Na pele desenvolve-se
Sulcos sendo criados
Num dia me metamorfose-o
Livre vôo
As asas são de um chumbo prata
Você quer me amar?
Então perca as esperanças
Voe mais alto e me encontre

Nenhum comentário:

Postar um comentário