sábado, 19 de março de 2016

Longínquo

Em terras longínquas
Finquei minha bandeira
Aportei minha vida
E colhi os frutos do amado

Nenhum comentário:

Postar um comentário