terça-feira, 8 de março de 2016

Mulher

Você que se mantém a duras penas
Cercada de sacrifícios
Lutando por um mundo melhor

Você que arregaça as mangas
Faz da vida um eterno revoar de pássaros
Em que todos possam pousar

Você que vive sua luta diária
Empresta sua garra
E nos faz sem a se questionar

Você que encontra no outro
Um pouso, um abraço, um afago
Mulher

Você que se faz sempre autêntica
Nas batalhas vencidas nesta vida
Um grande abraço de quem nasceu do seu ventre amado

Nenhum comentário:

Postar um comentário