segunda-feira, 25 de abril de 2016

Minha poesia

Não penso em formas
A espontaneidade dos meus versos
Surgem de momentos bucólicos
É como se plasmasse dentro de mim momentos
E é destes que surgem minha poesia

Nenhum comentário:

Postar um comentário