quinta-feira, 28 de abril de 2016

Revelação

Colhi frutas no campo
Doces lembranças da infância perdida
Não sei em que me basear para escrever
Nestas linhas um toque de adeus
Pobre fim de uma alma confusa

Nenhum comentário:

Postar um comentário