terça-feira, 19 de julho de 2016

Inveja

Ninguém pode ser como eu
E nem quero ser como você
Faço - me na minha insignificância
Um ser de reta oratória

Nenhum comentário:

Postar um comentário