sexta-feira, 22 de julho de 2016

Memória afetiva

Meu coração batuqueia
Coisas que a razão nem entende
Crio imagens proféticas dentro de mim
que reverberam em tempos de outrora
Em ciclos que se fecham
E me deixam mais conectado com a minha memória

Nenhum comentário:

Postar um comentário