segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Meus versos intempestivos
Correm em minhas pupilas dilatadas
Não sei ficar sem escrever
Porque a escrita me alivia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário