segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Ser poema

Não sei fazer outra coisa
A não ser poemas
Escrevo por uma necessidade compulsiva
Límpida razão de existir

Nenhum comentário:

Postar um comentário