quarta-feira, 14 de setembro de 2016

A boca que se cala

A minha boca se cala
Diante de tantas coisas
E necessário que as palavras se tornem em oração constante

Nenhum comentário:

Postar um comentário