sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Dor

A dor que em meu peito abre
Escancará mais dor que permeio
Elevo aos céus orações
Que parecem nem ser escutadas
De tanta dor que invade o peito

Nenhum comentário:

Postar um comentário