Um infinito que passou
E a chuva que cai sem parar
Aquece meu coração gelado
Vida e morte se confundem
Pelo menos há como rezar 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz