segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Face desnuda

A face que nos mostra
Como é importante amar
As pessoas que vão embora
Vida e morte sempre a cavalgar

Sou um ser introspectivo
De olhares retumbantes
As chagas que evadiam
São as mesmas circundantes


Nenhum comentário:

Postar um comentário