terça-feira, 4 de outubro de 2016

Meu homem

Eu não te esqueci meu amor
Você procurou outras mulheres
Fez-me promessas nunca cumpridas
Te revejo você nos meus lençóis 
E eu nua, sedenta e prostituída

Nenhum comentário:

Postar um comentário