sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Mudança

Frio que invade
Deixa horas incontadas
Naquele devaneio presente
Sufocado de tanto amor
Ás vezes, penso em mudar
Mas como é difícil se mudar
Prefiro mudar pacientemente
Que lutar bruscamente e acabar se debatendo de tanta dor

Nenhum comentário:

Postar um comentário