terça-feira, 4 de outubro de 2016

Ser flexível

Tento ser flexível como um bambu
Dobrando ou entortando
Sem quebrar
Mas a face da morte sempre presente
Obscuro senso de perdição

Nenhum comentário:

Postar um comentário