segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Uma cidade maravilha

Para crianças

O sino bate às 15 horas
Do fundo da mesa gigante grita um coelho
Todo vestido de smoking
O Chapeleiro ficou alvoroçado
E a bela criança senta a mesa
Toma um gole de café
E se torna uma gigante
Tudo naquele espaço ficou pequeno
Para diminuir de tamanho
A garota comeu um pedaço de bolo
E encolheu
Tudo pode ser visto
Na claridade do dia
Em uma cidade distante
Em que só existem malucos e psicodélicos

Nenhum comentário:

Postar um comentário