O assassinato

Correndo nas ruas
Assalto e uma bala
Acertou em cheio o coração
Um corpo estendido no chão
O sangue escorrendo para o boeiro
Não vi quem atirou
Apenas quem correu pelas estradas sombrias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog