quinta-feira, 10 de novembro de 2016

O assassinato

Correndo nas ruas
Assalto e uma bala
Acertou em cheio o coração
Um corpo estendido no chão
O sangue escorrendo para o boeiro
Não vi quem atirou
Apenas quem correu pelas estradas sombrias

Nenhum comentário:

Postar um comentário