quarta-feira, 29 de março de 2017

Mulher trans

Infindável noite
Aquela que o coração não pode ver
E que os sentimentos entorpecem
Não sou uma mulher trans
Mas a causa me inspira
A olhar com os olhos da alma
As alegrias e dores do teu dia
Luta que nos guarde
Quero estar ao seu lado
E que o preconceito que bata em você
Não te derrubes
Te fortaleça a viver sem minha demagogia

Nenhum comentário:

Postar um comentário