segunda-feira, 5 de junho de 2017

Sobre minha escrita

Povos tão distantes
Costumam ler o que escrevo
Fico a pensar sobre este fato
E um orgulho bom de sentir
Vem
E alcança toda a eternidade
Escrevo numa língua de pouca projeção
O português é minha mãe
Não sei me expressar de outra forma
Espero que um dia estas minhas palavras
Sejam eco de alguém que escreve pelo prazer
E não pela necessidade de dinheiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário