Células

O som do ser
Especula-se que não haja o ser
E que cada um de nós
Resume-se a um amontoado de células
Programadas para morrer

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog