Não vou te atacar

Não vou te atacar
A violência pode ser inspiradora
Mas é no amor que devo ficar
Mesmo que insista em tal despautério
E me faça ficar com raiva
Luto comigo mesmo
Meus leões são mais fortes
Que o gosto de revidar


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A luz