Muitas vezes
Sem forma
Sem ritmo
Quase um monólogo
Escrevo para aplacar a dor
Que vem do fundo da alma


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog